PT EN FR

75553071 2086075718159615 103431247803449344 o

 

De seu nome Luís Carlos Almeida da Cunha, Nani como é conhecido no mundo do futebol, está de visita a Cabo Verde, às suas origens, ele que é filho de pais cabo-verdianos. Para além de um jogo de cariz beneficente que se realizou no passado final de semana, o jogador promove o seu projeto 360 de cariz social e que pretende apoiar, através do futebol, as crianças mais carenciadas. Neste âmbito, Nani foi visitar a Escola de futebol EFAT em Achada Grande-Trás, aproveitando para distribuir alguns equipamentos desportivos aos pequenos.

Acompanhado pelos agentes, mas também do Diretor-geral dos desportos, Anildo Santos, Nani proporcionou um momento diferente e especial para as crianças como é, aliás, o objetivo deste projeto. Em especial às crianças mais carenciadas e que “por vezes não tem estas oportunidades de jogar futebol e se divertir, ter momentos de qualidade”, sublinhou.

A julgar pelos depoimentos e a alegria espontânea e genuína dessas crianças, o objetivo foi cumprido na íntegra.

Mais do que as camisolas dos Orlando City, atual equipa de Nani na MLS norte-americana, e do Sporting Clube de Portugal, antiga equipa do internacional português, essas crianças levarão, sobretudo a memória de um dia diferente e inesquecível com um dos seus ídolos.

“Ele é um grande jogador, da seleção de Portugal e quero ser como ele quando crescer e ser um jogador profissional”, dizia uma das crianças a uma entrevista do programa «Nha Terra Nha Cretchêu» que também esteve lá no campo em frente à Adega.

“É uma alegria enorme, se calhar, daqui para à frente, nunca mais vão se esquecer desta visita”, pois que estarem na presença e receberem o “calor” de um jogador que é uma referência internacional e “já fez muito pelo futebol no mundo”. E ainda mais “é cabo-verdiano como nós todos” poderá fazer essas crianças “sonharem um pouquinho mais”, realçou o presidente da EFAT, Edmilson Garcia.

Assim, a EFAT não esquece de agradecer ao jogador pelo “carinho e pela humildade” demonstrada com os pequenos.

Quanto a Nani, este estará ainda em São Vicente nos próximos dias para realizar mais um jogo dos “Amigos do Nani”, desta feita contra o Mindelense, clube campeão nacional e ainda estar em contacto com escolas de futebol local, ele que confidenciou à comunicação social ter o sonho de abrir uma escola de futebol no seu país de origem.

Parabéns Nani pela generosidade e grandeza de espírito demonstradas. As crianças e Cabo Verde agradecem.

 

Fonte: DGD